Após viralizar na internet, paulistano cria casa de acolhimento para LGBTs expulsos de casa.

Em 2015 Iran Giusti viralizou no Facebook após oferecer sua moradia como abrigo para LGBTs expulsos de casa. “Fiz um post que foi compartilhado por duas mil pessoas. Recebi em poucos dias quase 50 solicitações de abrigo. Mas a minha casa era um quarto e uma sala. Pensei que precisava fazer algo maior”, conta em entrevista ao Estadão.

Idealizado pelos militantes LGBT Giusti e Otávio Salles, a Casa 1 é um projeto colaborativo que funciona como centro cultural e abrigo para pessoas LGBT.

A casa tem capacidade para abrigar até 12 pessoas que podem morar lá por três meses, contém 32 voluntários e é mantida pelas atividades culturais oferecidas no salão da casa, financiadas por mais de 1000 colaboradores.

A Casa 1 não cobra nenhum valor pela moradia, de forma que a alimentação é bancada por Giusti.

Os únicos requisitos são: ter mais de 18 anos, ter sido expulso de casa por ser lgbt ou estar em situação de violência.

Se estiver interessade, você pode ajudar doando em benfeitoria.com/Casa1 Casa 1. Rua Condessa de São Joaquim, 277, Bela Vista. www.facebook.com/casaum


Gostou do conteúdo? Clique em algum anúncio para apoiar o blog. Só assim ele será monetizado e poderá continuar ativo! 🌈♥️

+ Análise: Bolsonaro veta vestibular para transexuais

Tiago Oliveira

Autor: Tiago

Ator, escritor e compositor. Sou @Oliverti_ em todas as redes sociais. Protejam os animais!