Renata Perón – Visibilidade Trans

Renata é atriz, cantora, assistente social e ARTivista (lgbt). Preside a cais e é recepcionista da sp escola de teatro.

Comecei a entrevista perguntando sobre a cais. (Pra quê serve? Como funciona?)

A cais é o centro de apoio e inclusão social de travestis e transexuais. Ela serve pra encaminhar denúncias, encaminhar para médicos, encaminhar para orientações psicológicas.

A gente tem parceria com CRD e com CRT, órgãos que cuidam da população aqui no centro de São Paulo. Também temos parceria com os centros de cidadania LGBTs, são quatro em São Paulo, e a coordenação municipal e estadual. Então sempre que pinta alguma coisa, alguma denúncia, a gente encaminha para esses órgãos.

Nós somos uma espécie de fiscalização, por que a gente também cobra do poder público quando eles não fazem nada ou quando fazem menos do que dizem que iriam fazer.

Também fazemos esse trabalho de caminhadas pela paz e seminários. Estamos na quarta caminhada, já fizemos 4 seminários e esse ano teremos de novo.

Eu sou presidente da ONG.

Qual o maior objetivo da cais no momento?

Que a gente possa, através dessas ações, conscientizar o movimento de que é nos unindo que a gente vai conseguir superar todo esse retrocesso que estamos vivendo ultimamente.

Falando em retrocesso, como acontecerá a oposição a esse novo governo? E, linkando com essa pergunta, o que está sendo feito hoje para garantir direitos para a população trans?

O que estamos pensando aqui na prática, que já vamos iniciar dia 2, é não se intimidar com o retrocesso que está por vir. Quando o próprio governo tira das pastas dos direitos humanos a comunidade LGBT, essa é uma forma de intimidar para que a gente não saia nas ruas. E a nossa resposta é dia 2.

Nós já vamos estar com essa caminhada e para além disso a gente vai estar sempre na rua, nos enfrentamentos, mostrando para esse governo que, apesar deles quererem podar nossas lutas, a gente não vai desanimar e nem desistir. A luta vai ser todos os dias.

Vários grupos trans estão se articulando para reinvindicar os direitos que já foram tirados e os que ainda serão tirados.

Diálogo com esse povo!

Apesar de a gente saber que é praticamente impossível dialogar com aquele que não quer ver a nossa existência.

E, pra finalizar, você se candidatou a deputada federal por São Paulo. Eu gostaria que você comentasse sobre e explicasse como todo mundo pode ajudar na causa, mesmo que não queira viver uma vida política.

O que nós temos de grande defeito na política brasileira é que existe um ranço muito ruim, que a galera, tanto de esquerda quanto de direita, só pensa individualmente no poder. Quem está lá quer usar os movimentos para ganhar votos e continuar lá.

Eles e elas ganham e, de fato não chega nada para aquela travesti que chupa pau de 10 reais aqui na Rebu Freitas.

Eu sei dentro de um estado democrático de direito a mudança real se faz através da política. Só que você só pode fazer isso se você mudar uma estrutura que já vem a mais de 500 anos com os mesmos permanecendo no poder.

Então, você quer incentivar as pessoas a votarem e a trabalharem em prol das candidaturas, mas ao mesmo tempo você fica nesse dilema. Por que se você não consegue mudar a estrutura de dentro, quem entra lá se contamina. Não são todos, claro que toda regra tem exceção.

O que a galera precisa aprender é ter consciência pelo voto. Por mais que você diga que o estado não te dê essa consciência, te dando educação para você entender o que é política e para o que serve política (que isso era uma das matérias que deviam estar nas escolas da quarta série em diante) mesmo assim, hoje em dia você tem a internet que tem todo tipo de informação. Eu acho que a nossa população deve fazer é se informar e se empoderar do que é política e para o que ela serve. Quando você tem esse conhecimento fica fácil de você saber fazer as suas escolhas.


Gostou do conteúdo? Clique em algum anúncio para apoiar o blog. Só assim ele será monetizado e poderá continuar ativo! 🌈♥️

+ Análise: Bolsonaro veta vestibular para transexuais

Tiago Oliveira

Autor: Tiago

Ator, escritor e compositor. Sou @Oliverti_ em todas as redes sociais. Protejam os animais!